Skip navigation

sept09 021Minhocão – ck-sept09

O anjo caido não conhece o inferno, suas asas amolecidas  apenas se abrem. Ele carrega ainda o estigma da vez. O anjo sem duvida conheceu a graça na fumaça de um baseado. Com o  coração virado, ele suspira.

Em que sarjeta ele aterrisa?

E o nariz em trompeta, as antenas imprecisas, ele se estampa no muro pra dormir até de manhã cedo.

……………

L’ange déchu ne connait pas l’enfer, ses ailes amollies se replient à peine. Il porte encore au cou le stigmate de la foi. L’ange sans doute a connu la grâce dans la fumée d’un baseado. Et le coeur retourné, il soupire, dans quel caniveau a-t-il atterri?

Et le nez en trompette, les antennes vagues, il s’imprime dans le mur pour dormir jusqu’au petit matin.

CB-sept09

Anúncios

One Comment

  1. Anjo não tem pátria, não tem cor ou sentimento, simplesmente aparece para quem o desejar. Tem anjo de baixo, tem anjo la de cima… Para todos e todos os gostos, Anjo é Anjo.
    Muito legal o Anjo


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: