Skip navigation

Dando  continuação ao assunto “Demolição do Minhocão”, muitas foram as reações favoraveis  a idéia pela reestruturação do elevado, porém por  um espaço prazeroso, cultural e verde.

O debate existe entre estudiosos e politicos ha anos  e não somos unicos a propor a transformaçao do minhocão em um jardim elevado.

Em 2007, a 7ª Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo premiou um projeto de 2006, na categoria Obra Não Construída, para transformar o Minhocão em um parque público – inclusive a proposta abrangia uma galeria de arte. O projeto vencedor foi desenvolvido pelos arquitetos José Alves e Juliana Corradini.

O então prefeito Serra fez um concurso, e na época, alegou falta de recursos para execução das obras.

Segundo  os  arquitetos do projeto, o custo estimado em 2008 seria equivalente ao custo da demolição.

Proposta sustentavel, recriavel, reciclavel,  é o que diz José Alves: ” Nossa intervenção chamada “O Novo Elevado” propõe um olhar diferente sobre o Minhocão, esta importante Infra-estrutura da cidade cujo potencial de recuperação e requalificação não tem precedentes. Demoli-lo e esquecê-lo não nos interessa. Repensá-lo e transformá-lo, muito. Olhar nossa cidade revela-nos a potencialidade que desperdiçamos dia-a-dia, muita sobra que poderia se tornar Obra e assim, adquirir uma nova alma”.

Imaginou?

Fotos: Frentes




Anúncios

One Trackback/Pingback

  1. […] o bem-estar da população habitante desta região. O espaço existe, basta uma transformação inteligente para que todos sejam beneficiados. E então, esse bem-estar seria […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: