Skip navigation

Manchetes em jornais desta bienal, o alvo foi o pixo, mais uma vez.

O pixo foi oficialmente convidado e participa desta bienal com classe, o que lhe é de direito,  considerado uma arte urbana. Pixo é pixo e tem que fazer parte. Pronto!

Não se sabe quem, nem como conseguiu, numa manobra excelente passando pelos vigias e cameras, (assim como é peculiar destes artistas do pixo,  manifestar-se  de forma perigosa nos altos dos arranha-céus da metropole e lugares nunca dantes visitados) foi la e fez:

“Liberte os urubu”.

Ora, partiram pra cima do Pixo. Deixa o Pixo pixar!!

Me pergunto, onde anda a sensibilidade do artista ao fazer uso dos animais?

No que isso vai aumentar o valor de sua arte?

A bienal de arte, no meu entender, é uma proposta para mostrar novas formas de arte, novos artistas e suas tendencias.

Defitivamente, o pixo cumpriu a sua parte  E somente hoje, uma semana depois, leio a noticia que o ibama vai libertar os bichinhos…

Anúncios

One Comment

  1. Super ça…Pas la première fois que les pixadores renvoient les artistes à la vérité de l’Art.

    En attaquant la galerie Choque, ils se sont attaqués à la momification et l’institutionnalisation, pour ne pas dire la marchandisation. Et là, joliement, en libérant les oiseaux, ils disent que la vie de l’Art ne se fait pas en mettant du vivant dans les oeuvres. L’art vivant c’est celui de la rue


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: