Skip navigation

Tag Archives: psicodélico

Para conhecer melhor o trabalho dos grafiteiros do Museu e do resto da cidade, fomos fazer uma visita ao atelier de  José Wilson Duarte de Souza, o famoso GEN.

Para nossa surpresa, o atelier fica bem do lado do Minhocão. Instalado na garagem da loja 775 Brasil, o atelier é bem  agradavel, com todas as tintas e telas a serem preparadas, telas interminadas, telas reformadas, uma verdadeira delicia de se ver.

Gen conta que sua paixão pelo desenho surgiu na escola, coisa de criança, que sempre foi da turma do “fundão” a fazer seus desenhos. Ja a paixão pelas artes, e principalmente pelo grafite, surgiu de uma forma espontanea, com amigos, na época do colegial, por informações de revista. Ainda sem internet, comprava algumas revistas  e olhava muros da cidade até conhecer um ou outro grafiteiro, foi pedindo informações, onde poderia comprar material, tipo de tinta, como pintar, etc.

Naquela época, por volta de  1999, não existiam muitas opções de sprays,  eram somente latex, rolinho e corante. Diz que hoje em dia é muito mais facil fazer o grafite, pois a industria da pintura evoluiu muito, com diversos tipos de latex, tipos de pressões e pinos…

Hoje Gen  vive do grafite. Trabalha tanto para aqueles que o contratam,  como expõe seus trabalhos em diversas galerias de arte no Brasil e no Mundo. Os convites aparecem sempre via internet, seus trabalhos estão expostos no Flickr e na sua pagina no Facebook.

Fora isso, não largou o habito de grafitar os muros e fazer a cidade ficar mais bela! Este ultimo, por puro prazer, pois todo o material é pago por ele.

Hoje Gen tem o apoio da 775 Brasil, que  abriu as portas para o seu atelier na garagem (lugar adoravel) e também fornece alguns materiais!

Com relação ao Pixo, a famosa pichação que para uns é uma forma de expressão e para outros um desespero, Gen relatou que adora pichação, que é a escrita do futuro, que esta manifestação cresce muito rapidamente, sabe inclusive que vai haver exposição…mas diz não saber como lidarão com o tema, pois muitos tratam a pichação um verdadeiro vandalismo e existe uma guerra forte entre pichadores e grafiteiros…

Mas Gen é claro, para ele,  a pichação é a tipografia do futuro e que inclusive é usada hoje em diversos programas da internet e designers.Palavras de Gen:

“ Linda a pichação, as letras são formas de manifestação das mais antigas”.

Quem é Gen para José Wilson: rs! Um cara bem pacato, gosta de ouvir musica e tomar uma cerveja na rua Augusta. Tem 26 anos e adora o grafite!!

GEN – R. Candido Espinheira – cb-jan10

agostosp 155Viaduto Antarctica – CK – sept/09

– Por que tantos olhos assim?

– So pra te ver meu bem!